Telhado Verde

Telhado verde é a técnica de aplicação de uma camada de vegetação sobre uma base impermeabilizada. Ele tem a função principal de atuar como uma cobertura e costumam ser vistos apenas pelos usuários da edificação. Os telhados verdes contribuem para a filtragem do ar externo, geralmente poluído em função das emissões de veículos motorizados e indústrias.

O armazenamento de água da chuva, na maioria das vezes, pode ser feito por meio de módulos que diminuem a necessidade de irrigação da cobertura, principalmente em períodos de longa estiagem. Nestes casos, a água armazenada será utilizada pela própria planta para se manter viva nestes períodos.

 

O excesso de água captado também pode ser armazenado para para o aproveitamento em fins não potáveis. Além disso, a captação da água da chuva pelos edifícios nos centros urbanos ajuda a prevenir enchentes.

Retenção de água da chuva

Redução das ilhas de calor

Em grandes cidades, onde a maior parte das superfícies são compostas por asfalto e concreto e a poluição atmosférica costuma ter índices elevados, ocorre uma excessiva concentração de calor. O fenômeno conhecido como ilha de calor acontece quando a temperatura média da região se eleva além do normal e a umidade do ar fica reduzida. Isso pode causar problemas respiratórios e desconforto nas pessoas, afetando também todo o ecossistema local. Telhados verdes, paredes verdes, áreas vegetadas e arborizadas na cidade contribuem para redução do fenômeno, deixando o clima urbano mais saudável e agradável.

 

Filtragem do ar

As superfícies vegetadas como telhados e paredes verdes também ajudam na filtragem de poluentes do ar, produzindo oxigênio e absorvendo gás carbônico, trazendo inúmeros benefícios para a saúde das pessoas.

 

Quando um telhado verde é inserido sobre uma laje, seja de concreto armado ou outro sistema, ou ainda sobre um telhado regular de uma edificação, ele aumenta a área útil da construção. Com isso, é possível transformar esta cobertura em um espaço que pode ser utilizado tanto para contemplação quanto como área de convivência externa, e assim realizar atividades como yoga, meditação, horta e tantos outros usos que necessitam de ambientes externos.

 

Aumento da área útil da edificação

O telhado verde protege a laje e a cobertura da incidência direta de raios solares, funcionando como um isolante térmico eficiente que reduz a amplitude térmica no interior da edificação. Em situações de calor externo e muita radiação solar, o telhado verde absorve grande parte deste calor e evita que seja transmitido para dentro do edifício, mantendo o ambiente interno mais fresco, com uma temperatura mais constante e agradável.

Proteção contra radiação solar

Além de funcionar como isolante térmico, os telhados e paredes verdes também contribuem para o isolamento acústico, evitando que ruídos externos cheguem no ambiente interno, e vice-versa.

Isolamento acústico

Da mesma forma, em épocas de clima frio, o telhado verde contribui como isolante térmico, evitando que o calor produzido dentro do edifício seja “perdido” para o meio externo. Com o uso de materiais mais isolantes, como coberturas e paredes vegetadas, a energia é conservada dentro do local, reduzindo a necessidade do uso de aquecedores ou aparelhos de ar-condicionado para manter a temperatura interna confortável.

Modelos Tellus de Telhado Verde:

 

Parede Verde

A parede verde é a técnica de revestir elementos construtivos no plano vertical, como fachadas de edifícios e muros ou divisórias. Elas têm grande influência na composição de fachadas e ambientes internos. As paredes verdes, quando utilizadas dentro dos ambientes, podem melhorar a qualidade do ar interno (QAI)

Sistema de tratamento de esgoto por zona de raízes

As paredes verdes podem proteger e sombrear fachadas, evitando ganhos de calor ao longo do dia dentro da edificação. Essa estratégia permite a diminuição ou até a interrupção do resfriamento interno por meio de aparelhos de ar-condicionado ou ventiladores. 


Em locais com inverno mais rigoroso, é possível optar por plantas que perdem suas folhas no período de frio e assim permitir que a radiação solar, por meio dos raios infravermelhos, possa aquecer o ambiente.

Filtragem do ar

As plantas são reconhecidas cientificamente como os melhores filtros de ar, pois são capazes de absorver uma série de elementos que são prejudiciais ao ser humano, como os compostos orgânicos voláteis (COVs).

O conjunto formado pelas plantas e substratos tem a capacidade de garantir um isolamento térmico dos elementos vegetais e, assim, evitar que a edificação apresente grandes variações de temperatura ao longo do dia. Com isso, as construções mantêm as temperaturas dentro da zona de conforto passivamente.

Redução da amplitude térmica e isolamento térmico

A alta exposição do concreto e asfalto nos grandes centros urbanos propicia o aparecimento do fenômeno ilhas de calor, pois são materiais acumulam o calor proveniente da radiação solar e devolvem-no ao ambiente. Por sua vez, o ambiente muitas vezes não consegue dissipar o calor novamente, por falta de ventilação natural e excesso de poluição atmosférica. As paredes verdes, por meio da evapotranspiração e da fotossíntese, podem absorver essa radiação e utilizá-la para seu próprio metabolismo.

Redução das ilhas de calor

41 . 3045-5900

contato@tellus.arq.br

 

Av.  Pres. Getúlio Vargas, 937

Rebouças, Curitiba - PR

Tellus Arquitetura
  • Arquitetura_saudável.png
  • Grey Instagram Icon
  • Cinza ícone do YouTube
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Pinterest Ícone
  • Grey LinkedIn Icon